Objetivos

Promover o diálogo e a construção coletiva das ações estratégicas de sustentabilidade e fortalecimento da FURB e de sua comunidade.

Consolidar a FURB como uma instituição pública e universitária propulsora do desenvolvimento humano, social e econômico por meio de atividades de ensino, pesquisa, extensão, prestação de serviços e produção cultural alinhadas com as necessidades da cidade e da região. Ampliar e qualificar o papel da FURB como propulsora do desenvolvimento Regional, integrada à comunidade, levando seu potencial transformador e de inovação a todos os segmentos da sociedade.

Realizar uma gestão baseada no diálogo com atores internos e externos, transformando-o em ações estratégicas, de modo a garantir a sustentabilidade, o fortalecimento institucional, o protagonismo e a integração com a comunidade. Eficiência, descentralização com visão estratégica e um propósito comum, respeito às diferenças acadêmicas, ideológicas e culturais, assim como às legislações e resoluções internas.

4 Eixos Estratégicos

INSTITUIÇÃO
E PESSOAS

Valorização, Identidade, Qualificação + Democracia Interna e Universidade Pública.

ECONOMIA
E GESTÃO

Democrática, Participativa, Transparente, Inovadora e Assertiva + Sustentabilidade e Diversidade de Financiamento.

CONHECIMENTO
E INOVAÇÃO

Integração e Sinergia Entre Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura + Qualidade e Novos Paradigmas (Graduação e Pós).

CIDADE
E REGIÃO

Desenvolvimento Humano, Social e Econômico + Vínculo da Universidade com os Estudantes, Egressos e Entidades Externas do Setor Público e Privado.

Compromissos

1

INSTITUIÇÃO
E PESSOAS

- Consolidar a FURB como Universidade inovadora e diferenciada, por meio de atividades de ensino, pesquisa, extensão, prestação de serviços e produção cultural que atendam as necessidades da comunidade, com abrangência regional. Reforçar o seu caráter público, buscando formas de financiamento em diferentes esferas de governo, assim como junto à iniciativa privada.

- Ter nas pessoas a centralidade dos processos para o alcance dos objetivos da FURB. Para isso é necessário humanizar as relações com servidores e acadêmicos, envolvendo a comunidade interna e externa, estimulando a sua participação e o desenvolvimento de suas potencialidades e vocações. Isto pode ser alcançado com planejamento participativo, melhoria das informações, transparência, suporte para treinamento, iniciativas que tragam segurança no ambiente de trabalho, que potencializem o desempenho e crie confiança, o que passa pela descentralização de tomadas de decisão e de ações, e qualificação de nossas atividades meio.
- As pessoas devem ser a essência de todos os objetivos, buscar o bem estar, trazendo motivação e satisfação no ambiente de trabalho, são atributos para um clima organizacional saudável.

- A Gestão deve envolver toda a Universidade em busca do desenvolvimento e humanização das relações de quem faz parte dela. Hoje a palavra comprometimento reúne praticamente todas as qualidades buscadas entre colaboradores. Para que haja comprometimento é fundamental estar claro para qual objetivo se está trabalhando, querer pertencer e colaborar para essa conquista.

- Permitir que os talentos aflorem com ideias e projetos inovadores, traçando juntos os rumos que a Universidade irá seguir.
- Buscar a sustentabilidade financeira da FURB sem abrir mão de sua natureza pública, vocação e objetivos. Isto pode ser alcançado com medidas de curto, médio e longo prazo, incluindo o setor público e o privado.

- Inovar no cenário do ensino sem comprometer a qualidade, diversificando as fontes de financiamento para além do ensino presencial de graduação, como por exemplo: EAD diferenciado e de qualidade, oferta de cursos de curta duração, dupla diplomação e Pós-graduação Lato Sensu;

- diversificar e ampliar a prestação de serviços técnicos, científicos, de inovação, acadêmicos, administrativos e culturais; captação de recursos através de editais e otimização dos processos internos.
- A longevidade da Universidade depende de sua sustentabilidade financeira, por isso todas as propostas de Gestão devem garantir condições de desenvolvimento com recursos necessários para a execução.

- Diminuição da burocracia, redução de ações desnecessárias no âmbito da universidade, assim como de retrabalhos.

- Compromisso de não abrir novos cursos de graduação durante a próxima gestão, sem que sejam apresentados aos Conselhos Superiores indices positivos de viabilidade de demanda e sustentabilidade.

ECONOMIA
E GESTÃO

2

3

CONHECIMENTO
E INOVAÇÃO

- Adoção de tecnologias modernas, motivadoras e participativas na formação de profissionais reconhecidos pela sociedade e pelo mercado de trabalho.

- PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO vinculados às demandas regionais, excelência nos processos de avaliação de qualidade nacional e, reconhecimento pela comunidade técnica e científica, nacional e internacional.
- DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO: focados nos problemas locais e regionais, contribuição aos processos sociais e produtivos, realização de parcerias nacionais e internacionais.

- SERVIÇOS: diferenciados e de excelência, eficientes e confiáveis, conectados com o ecossistema interno da universidade, nossas expertises e vocações, gerando conhecimento interno desde a graduação, até a extensão e pós-graduação e desenvolvendo soluções para a iniciativa privada, poder público e sociedade.
- Uma Universidade como a FURB, com expertise em diversas áreas de conhecimento pode oferecer respostas para muitos problemas do cotidiano das cidades, das pessoas, para a administração pública e para o desenvolvimento do setor privado. Para isso necessita estabelecer uma relação orgânica e sistêmica com os municípios da região do Médio Vale do Itajaí, conhecendo as demandas dos setores e do mercado, participando ativamente em instâncias representativas, como Conselhos Setoriais e Sociedade organizada. Na dimensão do ensino a FURB precisa compreender e dialogar com as novas necessidades e expectativas dos estudantes, acompanhando suas demandas a partir do potencial propulsor do desenvolvimento e da transformação que uma Universidade pode trazer para a cidade e para a região.

- A extensão Universitária viabiliza a relação entre Universidade e sociedade, por meio de uma política de extensão proativa e comprometida com a melhoria da qualidade de vida e bem estar social e ambiental; e integrada ao ensino de graduação e pós-graduação. Priorizar e dar suporte para a curricularização da extensão, potencializando a proximidade com a comunidade. Além de ponte entre o teórico e prático, a Extensão é um trabalho interdisciplinar e multi-área que aproxima os diversos saberes.
- Estimular a cooperação entre professores, universidades, sociedade civil organizada, coletivos urbanos e mercado como um todo, garantindo uma melhor transição da educação para a cidadania e mercado de trabalho. Para que isso ocorra será necessária uma percepção dos educadores das novas necessidades e expectativas dos jovens em relação ao mercado de trabalho e sociedade.

- Estimular o potencial transformador e empreendedor nos jovens, para que tenham autonomia, senso crítico e um propósito de vida, que estejam fazendo algo relevante e gerando valor para seu futuro, melhorando sua vida e de outras pessoas.

CIDADE
E REGIÃO

4

Clique e conheça nossos compromissos

PROPOSTAS POR
EIXO ESTRATÉGICO

VALORIZAÇÃO

1. Valorizar os servidores considerando todas as suas atividades desenvolvidas na Universidade;

2. Implementar ambientes de convívio mais humanizados e acolhedores à comunidade acadêmica;

3. Aprimorar o clima organizacional, por meio de atividades como treinamento de lideranças, retorno da ginástica laboral e manutenção da facilidade do acesso de servidores e familiares ao ensino na FURB;

4. Valorizar e facilitar a vida do professor pesquisador/tempo integral através de indicadores de desempenho de longo prazo.

5. Revitalizar os espaços físicos internos e externos oferecendo ambientes de aprendizagem, inovação, integração e convivência mais flexíveis, integrados, acolhedores e humanizados.

6. Melhorar a infraestrutura, promover a gestão participativa e discutir o papel do campus V, tornando-o ambiente de ensino, pesquisa e extensão efetivo, agradável e acolhedor.

7. Promover o diálogo para aprimoramento do plano de carreira dos servidores, tornando-o mais atrativo a permanência na FURB.

8. Incentivar a capacitação continuada de todos os servidores.

QUALIFICAÇÃO

1. Realizar formação continuada baseada em demandas e que facilite os processos com redução de burocracia e potencialização das vocações;

2. Capacitar docentes ingressantes para integração com princípios e filosofia institucional;

3. Dar celeridade ao andamento dos processos/ações da FURB, minimizando burocracia existente, diminuindo o tempo médio de tramitação de processos administrativos;

4. Respeitar a estrutura organizacional atual e abrir diálogo para repensar a efetividade e eficiência da estrutura administrativa.

DEMOCRACIA INTERNA

1. Propor a discussão participativa da FURB para construção de planejamento estratégico de curto, médio e longo prazo;

2. Criar canais de divulgação sobre as discussões e decisões dos órgãos colegiados, fomentando a participação;

3. Descentralizar as decisões dando autonomia aos setores na busca dos objetivos e metas comuns.

UNIVERSIDADE PÚBLICA

1. Buscar formas de financiamento público em diferentes esferas de governo;

2. Retomar o protagonismo da FURB junto às instituições públicas, privadas e à comunidade;

3. Interagir intensamente com lideranças externas na defesa e no fortalecimento institucional.

Transparência

1. Ampliar os canais de informação com a divulgação contínua dos dados e índices institucionais (financeiros, fluxo de estudantes, serviços, etc.).

Inovadora e Assertiva

1. Prospectar e acompanhar as tendências do ensino, oferecendo cursos de qualidade, atrativos e diferenciados.

2. Fornecer estrutura e apoio para desenvolvimento de EAD de qualidade, cursos de Pós-graduação lato sensu, dupla diplomação, e outros conforme a especificidade de cada área.

3. Credenciar fundações para ampliação da oferta de cursos de pós-graduação lato sensu, cursos de curta duração e de extensão.

4. Oferecer prestação de serviço de alto nível de modo a aproveitar a qualidade da infraestrutura instalada na FURB.

5. Apoiar iniciativas de servidores na proposição de ações e projetos inovadores e de interesse da comunidade interna e externa.

6. Tornar a Feira de Inovação do CCT a Feira de Inovação da FURB.

7. Proteger os direitos dos autores e da FURB, por meio da atuação do NIT.

8. Difundir a cultura de propriedade intelectual na comunidade acadêmica, a partir de cursos e eventos na área, entre outras ações.

9. Incrementar os indicadores de PI da FURB (Patentes, Modelos de Utilidade, Registro de Software, Desenho Industrial e Marcas).

Sustentabilidade e diversidade de financiamento

1. Diversificar fontes de receitas com financiamento próprio da FURB, captação de parcerias na iniciativa privada, revisão da precificação de cursos, mecanismos de fixação de estudantes.

2. Fortalecer o Programa de Financiamento próprio para evitar a evasão e ampliar a atratividade de alunos para a graduação.

3. Flexibilizar e simplificar o ingresso em cursos de graduação (matrícula contínua, critérios de seleção, entre outros).

4. Fortalecer a captação de recursos através de Editais de Fomento em todos os níveis da federação e alinhado às vocações regionais, visão estratégica da FURB e autonomia das unidades acadêmicas e cursos da universidade.

5. Ampliar a captação de recursos através de projetos junto aos órgãos públicos das diferentes esferas de governo.

6. Fortalecer ações de marketing em consonância com os Centros e sistema de comunicação (rádio e TV), a partir da realidade do que já produzimos e desenvolvemos em termos de inovação, ensino, pesquisa, extensão, cultura e serviços para ampliar o número de novos alunos nos cursos de graduação, pós-graduação lato sensu e de curta duração.

7. Valorizar e dar mais visibilidade a marca FURB (Explorar o Licenciamento da Marca FURB e ampliar o espaço da Editora FURB para venda de souvenirs, agasalhos, material de escritório, etc, com a marca FURB).

8. Ampliar e fortalecer o marketing digital e a presença e relevância nas mídias sociais a partir de diversas atividades, eventos, projetos e conquistas da FURB.

9. Explorar com inteligência analítica informações e dados que temos acesso visando gerar mais valor das atividades desenvolvidas na FURB.

10. Descentralizar a gestão operacional e a execução de recursos nas unidades universitárias, visando aumentar a eficiência e o atendimento às especificidades locais.

11. Estabelecer parcerias com Prefeituras do Médio Vale do Itajaí para a prestação de serviços, desenvolvimento de ofertas de cursos de extensão e de especialização.

12. Criar um programa de bolsas de estudo para cursos graduação e pós-graduação financiadas por Prefeituras ou organizações públicas e privadas, com adesão voluntária e cotas pré-definidas de número de alunos por ano.

13. Incentivar e apoiar iniciativas de parcerias e busca de recursos para desenvolvimento das atividades de pesquisa e pós-graduação stricto sensu.

14. Maximizar a matriz orçamentária da FURB por meio do incremento de seus indicadores, tais como diminuição da evasão e ocupação de vagas ociosas.

15. Criar condições favoráveis à captação de recursos por meio de projetos e ações inovadoras no contexto da cooperação universidade-sociedade.

16. Desburocratizar e valorizar servidores na proposição de atividades de geração de benefícios econômicos e financeiros à FURB.

17. Otimizar a infraestrutura da FURB em benefícios da ampliação da qualidade dos cursos

18. Potencializar a integração de componentes curriculares dos cursos de graduação e de pós-graduação visando minimização de custos.

19. Propor a qualificação da equipe de manutenção da FURB para melhorar e agilizar o atendimento às unidades universitárias.

Integração e Sinergia

1. Propor projetos que atendam a demandas concretas da sociedade, de instituições, e organizações locais, regionais e nacionais.

Novos Paradigmas

1. Inovar em projetos de pesquisa e extensão, modalidades de ensino e currículos, prestação de serviço, com foco no fortalecimento da qualidade e da repercussão proporcionada.

2. Criar espaços de ensino e ambiente saudável para o professor exercer a docência com autonomia e motivação.

3. Apoiar práticas de ensino para que atinjam excelência.

4. Incentivar projetos de cursos que contemplem a internacionalização do ensino.

5. Incentivar projetos para a elevação dos conceitos dos cursos de graduação e de pós-graduação.

6. Incentivar a produção de materiais didáticos para implantação de metodologias de ensino flexíveis.

7. Ampliar a assistência psicológica e aprimorar os projetos de assistência social ao estudante.

8. Apoiar novas metodologias e abordagens contemporâneas na interação docente-discente: sala de aula invertida, construção coletiva e co-criação com estudantes,metodologia ativa de aprendizagem, aprendizagem através de problemas e projetos, etc., de forma a ampliar a autonomia, a interatividade, o senso crítico e a satisfação coletiva e individual de estudantes e professores em sala de aula.

9. Recuperar a Comissão Pedagógica e Científica do Complexo Integrado de Saúde da FURB (HVET/HU/Policlínica), com representatividade de docentes, estudantes e técnicos do CCS.

10. Apoiar a definição de projetos e ações interdisciplinares, para o Complexo Integrado de Saúde da FURB (HVET/HU/Policlínica).

11. Criar ambientes de convivência/integração para os docentes, onde possam conversar e trocar experiências (sala dos professores, por exemplo).

12. Estudantes são a razão de ser da Universidade, de modo que os processos devem ser focados para isso (DRA, praça do estudante, DAF, confecção de horários, alocação de salas, ambientes de convivência, ambientes de estudo, etc.).

13. Propor a revisão da política de Pós-graduação Lato Sensu, bem como as ações administrativas e de divulgação decorrentes, no sentido do favorecimento da implantação de novos cursos e da abertura de novas turmas para os cursos já existentes, evitando-se a sobrecarga de coordenadores e de técnicos.

Desenvolvimento Humano, Social e Econômico

1. Investigar as necessidades locais e regionais, para propor projetos de pesquisa, extensão e prestação de serviços adequados às demandas da sociedade.

2. Exercer papel de Liderança e Protagonismo junto ao Centro de Inovação.

3. Consolidar e valorizar a participação em órgãos colegiados municipais, estaduais e federais.

Vínculo da FURB com estudantes, egressos e entidades externas

1. Criar um canal interativo e contínuo com estudantes e egressos, além de políticas de fidelização de estudantes mais efetivos.

2. Priorizar campanhas de marketing capazes de divulgar as potencialidades e fortalezas da FURB no campo do conhecimento, da pesquisa, da extensão e da cultura.

3. Integrar os sistemas informatizados da FURB.

4. Integrar a graduação com a pós-graduação em atividades de iniciação científica, tutoria, projetos de ensino, grupos de estudo, etc

5. Criar sistema rápido, transparente e eficiente para identificação e solução de problemas relacionados às atividades de ensino.

6. Incentivar o desenvolvimento de empresas Juniores.

7. Incentivar a integração desportiva e cultural dos estudantes em suas organizações estudantis, como centro acadêmico e atléticas.

8. Utilizar a infraestrutura da FURB na adequação da ETEVI em atendimento ao Plano Nacional de Educação de ensino integral.

9. Criar espaços de coworking que possibilite a integração entre estudantes e professores e para egressos iniciarem suas atividades profissionais.

CANDIDATOS

Marcia Espíndola

Reitora

João Gurgel

Vice

Marcia Espíndola

É professora do departamento de Arquitetura e Urbanismo da FURB. Ingressou na FURB em 1989 como Servidora Técnico Administrativa e desde 2003 como Docente.Mestre em Construção Civil pela UFSC, Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela FURB, completou o Ensino Médio na ETEVI. Como Técnico Administrativa trabalhou na Contabilidade, na DTI e no Laboratório de Habitação da Arquitetura. Como Docente foi Chefe do Departamento de Arquitetura e Urbanismo (2006- 2007 e 2012-2014) e Diretora do Centro de Ciências Tecnológicas (2014-2018).

João Gurgel

É professor do departamento de Odontologia desde 2002. Tem experiência em gestão universitária como coordenador do curso Odontologia, chefe de Divisão e Pró-reitor de Pesquisa, pós-graduação e extensão. Doutor em Odontologia Social pela UFF, especialista em Endodontia; Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior em Saúde - FIOCRUZ. Coordenador do PET-Saúde. Coordenador de saúde bucal do projeto SHIP- Vida e Saúde em Pomerode. Coordenador do Programa de Pós-graduação - Mestrado Profissional em Saúde Coletiva da FURB.

Conheça a trajetória de Márcia e João

Fale
Conosco

Sugestões, dúvidas e ideias
são muito bem vindas.

Últimas
Noticias

Nossa campanha será participativa e nossas propostas construídas de forma coletiva a partir das reuniões e encontros em todos os setores e também nas salas de aula com os alunos. Nossa visão geral e projeto de universidade para o futuro, apresentados aqui no site, nas mídias sociais e pessoalmente durante a campanha, serão complementados e aprofundados com muito DIÁLOGO ao longo da campanha e principalmente transformados em AÇÃO numa gestão inovadora e num ambiente saudável, pró-ativo e democrático, onde todos se sintam a vontade e livres para participar ou simplesmente continuar realizando bem sua função.


A partir da visita ao Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrand, realizada no dia 06 de setembro, percebemos a importância estratégica da retomada da cooperação e proximidade entre Furb e Prefeitura. A Universidade tem um enorme potencial de inovação e de atuar a partir da realidade e demandas concretas da sociedade e das 15 prefeituras do Médio Vale do Itajaí, assim como dos empresários e associações e entidades em geral.